terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Que 2014...



...seja doce e que o doce excessivo seja nas pessoas e não nas comidas,
que tenha abraços apertados de amor e não de despedidas,
que tenha sonhos realizados e muita coragem para correr atrás deles,
e também sonhos a realizar para encorajar chegarmos aos dias seguintes,
que tenha mais créditos que débitos, sem endividamentos,
que tenha tempo livre para ser aproveitado, curtido e lembrado,
e que não seja tempo livre o suficiente para deixar tédio ou cabeça vazia para pensamentos indesejados,
que tenha manhãs cor de rosa, tardes ensolaradas e noites frescas,
que tenha chuva em abundância para plantar, mas que não tenha chuvas que destroem e desabrigam,
que tenha arco íris com potes de ouro ao seu final,e que cada um saiba enxergar seu ouro,
que tenha saúde preventiva e não corretiva,
que tenha bom senso, principalmente na convivência coletiva,
que tenha cooperativismo, compromisso e companheirismo e que assim as pessoas possam caminhar juntas e unidas ao lado uma da outra, e não correndo das outras para chegar primeiro,
que tenha segurança e confiança - para dar e receber,
que tenha paz, pra exigir e proporcionar,
que tenha defeitos e que as pessoas possam conviver e aprender com eles,
que tenha reciprocidade - do que há de bom
e do que não é tão bom assim, que não seja grandioso o bastante para despertar raiva, tristeza ou sede de vingança,
que tenha olhos nos olhos e que traga verdades inteiras, nem meias verdades nem mentiras sinceras,
que tenha tudo o que desejarmos e tudo mais que estiver traçado para nós.
E que tenhamos o 2014 inteiro, na nossa mão, para lapidar cada um à sua maneira, de forma que seja pleno e feliz!









Um comentário:

  1. Aaaaai que texto mais lindo...
    Amo! Amo! Amo!
    May (não consigo postar com meu id kkkkkk)

    ResponderExcluir